Hackers podem descobrir uma senha ouvindo o toque na tela

hackers
A essência do ataque “acústico” dos hackers é espionar o som dos dedos quando tocam na tela.

Um grupo de cientistas das universidades de Cambridge (Reino Unido) e Linköping (Suécia) falaram sobre uma nova técnica de hacking, que permite adivinhar a senha que protege smartphones e tablets com alta precisão. A essência do ataque “acústico” dos hackers é espionar o som dos dedos quando tocam na tela.

Da mesma forma, os pesquisadores hackearam anteriormente dispositivos protegidos por um padrão gráfico. Primeiro, uma aplicação de spyware é instalada no smartphone de destino, com acesso aos microfones e à dinâmica, o que o transforma num ecobatímetro. Sistemas de detecção semelhantes são usados, por exemplo, em submarinos, permitindo que eles estejam cientes da aproximação de navios e outros objetos sob a superfície da água.

Veja Também: Como proteger o seu smartphone de aplicações perigosas

Além disso, quando a vítima digita uma senha, o programa capta as ondas sonoras inaudíveis pelo ouvido humano, que ocorrem quando os dedos atingem a tela. Em seguida, os algoritmos de aprendizado de máquina entram em cena: determinando qual dos microfones foi o primeiro a ouvir o som – e isso pode acontecer em uma fração de segundo – o sistema tenta adivinhar em qual parte da tela o utilizador poderia tocar.

Num teste, o sistema adivinhou um PIN de 4 dígitos em 74% dos casos após 10 tentativas, escreveu o Business Insider. No outro, para senhas com 7 a 13 caracteres, a precisão foi de 30% após 20 tentativas. Além dos números, o sistema é capaz de adivinhar letras individuais e até palavras inteiras. O trabalho dos cientistas pode ser encontrado no site de arquivo científico arXiv.org.

Este truque dos hackers, no entanto, será muito difícil de se transformar na vida real. O fato é que quase todos os sistemas operacionais modernos bloqueiam o acesso ao microfone, caso o utilizador não tenha dado à aplicação a permissão apropriada.

Veja também

About the Author: Bruno P

Sou um apaixonado por tecnologia e venho por este meio partilhar tudo o que há de interessante na Internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.